5 dicas sobre como lidar com o sofrimento amoroso!

Saiba como o sofrimento amoroso prejudica a sua saúde, mente, espírito, profissão e vida social. Veja como receber ajuda!

O sofrimento amoroso é algo extremamente prejudicial à saúde física, mental e espiritual. Não dá para mensurar o sofrimento de alguém, pois não há uma escala pré-definida sobre os sentimentos alheios que simplesmente podemos consultar. Por mais compreensível que seja saber que alguém está sofrendo, só a pessoa que sofre tem a dimensão exata do quanto aquilo lhe dói.

Assim, trabalhar essa dor com o auxílio de profissionais capacitados é fundamental. Existem profissionais de saúde qualificados para ajudar pessoas em estado de sofrimento amoroso. Outra alternativa eficiente é procurar Ajuda Espiritual de um especialista no assunto. Independentemente de onde virá essa ajuda, entenda que você pode começar a agir agora!

cata cartões aceitos
Walisson Ferreira Barbosa
Walisson Ferreira Barbosa
04/05/2024
foi top
Pamela Lamira
Pamela Lamira
04/04/2024
Muito bom.
Felipe Dos Santos Azevedo
Felipe Dos Santos Azevedo
04/04/2024
Me falou coisas que só eu sabia, do meu íntimo. Sem dúvida, uma pessoa iluminada, sem contar o local , super aconchegante e de fácil acesso.
Rodrigo Souza
Rodrigo Souza
04/04/2024
O melhor !! Agora que encontrei o pai Antônio não preciso de outro , transparência e resultado imediato,sem enganação super atencioso.
Ju Silva
Ju Silva
04/04/2024
Recomendo é um excelente profissional , lugar aconchegante maravilhoso , me senti muito acolhida. Nota mil.
Adrian Panzera
Adrian Panzera
04/04/2024
Lugar maravilhoso!
Camilla Fonseca
Camilla Fonseca
04/04/2024
Foi uma experiência incrível!! Me conectei com meu espiritual, super recomendo o centro do pai Antônio!!
Augusto Souza
Augusto Souza
04/04/2024
Recomendo.
Analytics Netlinks
Analytics Netlinks
04/04/2024
Muito bom!

Em vista disso, neste artigo vamos dar 5 dicas para lidar com o sofrimento amoroso. Veja o que pode ser colocado em prática agora mesmo por você. As dicas que iremos passar podem ser colocadas em prática desde já, mas não deixe de procurar um especialista em saúde mental e se cuide!

Procure ajuda espiritual qualificada! Aqui você encontra!

1. Deixe o passado no passado

O principal ponto do sofrimento amoroso é ficar revivendo o passado de forma constante. Rever as coisas marcantes, o quanto você ama uma pessoa e não está mais com ela, é o mesmo que ficar apertando uma agulha em uma ferida todos os dias. Ou seja, essa é uma dor constante e essa ferida não vai cicatrizar nunca.

Ficar revivendo o fato dele(a) ter te abandonado e estar vivendo a vida dele(a) com outras pessoas, te corrói ainda mais, não é mesmo? Supondo que seu amor tenha falecido, é louvável que você pense nele(a) com carinho. Mas ficar presa(o) ao que já foi não é o que ele ou ela desejaria.

Então, o primeiro passo é esquecer o passado, deixar as coisas enterradas e buscar o controle do seu futuro. Ou seja, seu futuro ainda não foi escrito, ele está esperando você assumir o roteiro! Viva o presente de forma desprendida, deixe as portas abertas para a vida entrar novamente. Faça isso gradualmente, sem pressa ou pressão.

Trate a depressão imediatamente!

É completamente viável fazer analogias do sofrimento amoroso com dores e feridas pelo corpo físico. A dor que se sente na alma por conta do abandono de alguém é interpretada pela mente como uma dor infernal. Além disso, esse sentimento prolongado vai desencadear problemas de saúde físicos e mentais, isso é fato!

O sofrimento amoroso não é depressão, mas somado a uma depressão, o coração partido pode realmente partir. A depressão tem outras explicações que variam de organismo para organismo. Já o sofrimento amoroso é algo normal, geralmente experimentado por todos em algum momento da vida.

Então, se você não consegue ser livre do passado, experimenta um sofrimento amoroso e tem histórico de depressão, procure um especialista em saúde mental imediatamente. Se você está lendo este conteúdo e conhece alguém que esteja enfrentando este quadro, ajude essa pessoa imediatamente com a indicação de um profissional.

A depressão associada ao sofrimento amoroso pode levar uma pessoa ao suicídio. Existem milhares de casos de pessoas que se suicidaram após um término doloroso com a pessoa amada. Em muitos desses casos, o histórico de depressão já tinha sido observado. Então, trate a depressão de forma séria, com a ajuda de especialistas.

Como esquecer uma traição com 7 trabalhos poderosos

2. Matricule-se em uma academia

Parar de pensar em alguém que lhe deixou pode ser difícil quando se ama muito essa pessoa. Não importa o que houve, se ele lhe deixou para viver a vida dele ou se ele já está com outra pessoa. Nada disso pode ser mais importante do que o foco em você mesma(o) neste momento.

Não permita que pensar mais em outra pessoa que marcou a sua vida seja tudo o que restou para você. Dessa forma, você vai começar a dar um passo rumo a sua própria vida a partir de agora. Perdoe-nos se estamos parecendo exagerados com essas palavras, mas entenda que muitas pessoas que experimentam o sofrimento amoroso não se permitem mais viver o agora, ficam presas completamente ao passado.
Primeiros passos

O primeiro passo para começar a viver o agora é se colocar em compromissos que vão te ajudar com isso. Matricule-se em uma academia (alguma que ele ou ela não frequente), coloque um fone de ouvido e vá treinar. Por mais que você não tenha um pingo de ânimo para isso, faça isso! No início pode ser insuportável, mas a liberação de endorfina e outras substâncias vão ajudar a melhorar seu ânimo em pouco tempo.

Além disso, o benefício físico e mental de se exercitar oferece uma proteção natural contra a tristeza. Tudo que for para te ajudar a melhorar nesta fase é válido. Se você realmente não quer exercitar-se em uma academia, vá fazer caminhadas e corridas no parque, em uma praça, em uma pista de corridas, mas, saía de casa para se exercitar. Pedalar é uma ótima dica também!

Entenda que ao cuidar de sua saúde com exercícios você passa a ocupar sua mente. Outro ponto positivo é que ao se cuidar com uma rotina de exercícios você ficará mais bonita(o), sarada(o) e vai elevar sua autoestima. Uma autoestima elevada é uma ótima forma de ter o foco em você mesma(o).

3. Concentre-se em sua profissão

Sua profissão pode ter sido deixada de lado por conta do sofrimento amoroso. Bom, saiba que isso é péssimo, te prejudica com prazos e compromisso com pessoas que não tem nada a ver com sua vida pessoal. É compreensível sua dor por conta de ter sido abandonada(o), traída(o) ou por não estar mais com a pessoa amada. Mas, deixar tudo de lado por isso deixa sequelas graves em sua vida social e profissional.

Saiba que o sofrimento amoroso não é exclusividade sua! Se esforce para equilibrar as coisas, por mais impossível que pareça agora. Caso seja possível, tire um tempo do trabalho para refletir e se recompor. Mas, supondo que isso não seja uma opção para você, siga as seguintes dicas:

  • Não fale sobre sua vida pessoal no trabalho até essa dor diminuir;
  • Se resolver se abrir com alguém do trabalho, que seja com uma pessoa confiável, em um lugar apropriado. Desabafar ajuda muito;
  • Se ainda sente vontade de chorar, vá para o banheiro e chore em silêncio no máximo 10 minutos por dia. Em seguida lave bem o rosto, retoque a maquiagem e continue com suas tarefas como se nada tivesse acontecido;
  • Não precisa sorrir naturalmente, mas ao ser cumprimentada seja recíproca, cumprimente com um sorriso básico e não chame a atenção;
  • Se o seu trabalho exige concentração, avalie se realmente você consegue dar conta disso neste momento. Supondo que seja uma profissão onde as margens de erro pode prejudicar a vida de outras pessoas, é válido pedir uma licença no trabalho por motivos médicos.

Não deixe a “peteca cair” e não jogue fora sua carreira por um sofrimento amoroso. Por mais que isso seja impactante, saiba que tudo passa na vida! Essa dor vai passar com certeza, então, não deixe que ela cause estragos marcantes.

4. Se envolva com projetos sociais

Projetos sociais são uma ótima forma de se doar por uma causa além de sua vida. Se envolver com projetos sociais vai te ajudar a focar em outras pessoas, animais e seres vivos. Se envolva com uma ONG que preste ajuda em algo que você acredite. Peça para ajudar de forma voluntária e permita que as tarefas deste projeto ocupem sua mente.

5. Procure ajuda Espiritual Qualificada

Seguir todas as dicas passadas aqui é válido, mas não deixe de se consultar com um especialista em saúde mental também. Uma ótima oportunidade de receber ajuda é por meio de uma consulta online com um médium especialista em ajudar as pessoas a se livrar do sofrimento amoroso.

Antônio de Ogum é um médium que já faz isso há 40 anos e já ajudou milhares de pessoas a superar o sofrimento amoroso sem provocar estragos em suas vidas. O atendimento online é algo mais recente, porém, eficiente para você receber ajuda sem sair de casa. Para conversar com o espiritualista e receber a ajuda, agende uma Consulta Espiritual com Antônio de Ogum pelo WhatsApp de atendimento.

A consulta será agendada e basta você estar online no dia e hora marcados em um lugar apropriado, ter uma conexão estável com a internet e estar pronta(o) para receber ajuda. Saiba que essa ajuda é direcionada ao seu bem-estar, e caso estar com a pessoa amada em seus braços novamente seja uma solução viável, o médium vai lhe propor o trabalho de Amarração Amorosa de Ogum.

Para saber mais sobre o sofrimento amoroso, agende uma Consulta Espiritual, converse com Antônio de Ogum pelo WhatsApp de atendimento e dê a volta por cima em sua vida. Para saber mais sobre o trabalho do médium, veja outros conteúdos como esse aqui no blog do site, siga Antônio de Ogum no Facebook e no Instagram.

Reproduzir vídeo sobre Uma Historia de Amarração Amorosa
[cia_button id="9549"]

Desbloqueie seu caminho para o sucesso e a felicidade!

Solicite a abertura de caminhos!

Fique tranquilo, seus dados estão protegidos de acordo com nossa Política de Privacidade